ABC Negócios

Conhecimento para lucrar

Conheça o combustível dos negócios prósperos

Uma característica comum às empresas e negócios altamente lucrativos é a cultura da franqueza.

Ser franco significa, essencialmente, ser direto e sincero – ainda que doa a quem doer.

Do lado contrário da franqueza estão a dissimulação, a embromação, a artificialidade, o engano e o fingimento – comportamentos que estão presentes, em diferentes intensidades, em grande parte dos negócios.

Quais as causas da falta de franqueza nos negócios?

franqueza-negócios-empresas

A falta de franqueza tem duas causas essenciais. A primeira é menos comum, porém mais grave: a intenção de conseguir um bem, ou posição, enganando os outros deliberadamente. Em seguida, e sendo a causa mais corriqueira está o medo. Como são raros – e sábios – os empreendedores que conseguiram limpar completamente os seus corações do medo!

Não somos completamente francos quando temos medo de machucar os outros com o que diremos. Igualmente é natural não querer irritar e contradizer amigos, conhecidos, subordinados e chefes. Então o que fazemos? Omitimos a verdade nua e crua. Mostramos apenas os aspectos favoráveis de uma situação ou enfeitamos a nossa fala com adjetivos vazios e insinceros.

Esconder ou distorcer a verdade pode evitar embaraços e dores de cabeça no momento em que a dificuldade se apresenta. Porém, é muito provável que a falta de franqueza trará problemas muito maiores a médio e longo prazo nas nossas vidas e negócios. Mas nem sempre percebemos isso.

O que uma cultura de franqueza pode proporcionar ao meu negócio?

franqueza-negócios-empresas

Uma cultura de franqueza, por outro lado, é como uma fonte de verdade que mantém as pessoas e as empresas atentas. E, da mesma forma, as mantém fortes e enérgicas. A sinceridade é um alimento absolutamente indispensável – embora às vezes amargo – para a sanidade da mente, da família e para o sucesso dos negócios.

Veja o que acontece na prática quando temos uma cultura de franqueza ou a falta dela:

Franqueza

Falta de Franqueza

A falta de franqueza cega

Quando a insinceridade se torna o comportamento normal em um negócio, as pessoas perdem a capacidade de enxergar a realidade dos fatos e de lidar com ela. Tudo vira um “faz de conta”. Ninguém mais sabe o que realmente está fazendo e para aonde está indo. O iceberg está em frente ao barco, mas ninguém quer ver. O resultado, já sabemos…

De fato, sem o apreço à verdade, não existe gestão real.

A franqueza abre os olhos para a verdade

A adesão resoluta à verdade permite que os problemas possam ser identificados e tratados. Ao ouvir uma verdade difícil, descobrimos falhas e insuficiências. Tanto pessoais quanto a respeito do nosso negócio. A partir disso, podemos começar a lidar com elas com paciência, humildade e perseverança.

Quando temos essa coragem, paramos de projetar as nossas falhas pessoais, e da nossa empresa, nos clientes exigentes ou nos fornecedores irresponsáveis. Então, colocamos nossa atenção e esforço sobre nós mesmos, sobre o que podemos mudar.
Franqueza é quase um sinônimo de responsabilidade. Isso porque, só a aceitação da verdade permite que nos tornemos responsáveis por nós e pelos outros.

Franqueza

Falta de Franqueza

A insinceridade destrói nossos recursos (e vida)

Quantas vezes temos consciência de um problema em nossas vidas, mas não agimos sobre ele? Deixamos o problema lá, no fundo da nossa mente, atrapalhando nossa existência e sugando nossa energia vital… Não queremos nem olhar ele frente à frente porque temos medo.

Entretanto, após um tempo, o medo soma-se à culpa que sentimos por não sermos mais corajosos para lidar com esse embaraço. E tudo isso gera uma espiral que destrói nosso tempo, nosso foco, nossas forças e nossa auto-estima.

O mesmo acontece com o empreendedor que ainda não reuniu a coragem necessária para demitir um ou mais funcionários que ele sabe que precisam ser demitidos.

Enquanto a atitude não é tomada, a organização sofre e perde resultados. Ainda, o crédito no banco é todo consumido e os clientes começam a desaparecer.

A falta de coragem em ver e agir sobre a verdade emperra as empresas e, no final, as empurra para o buraco.

A franqueza economiza tempo e libera energia

O hábito de não aceitar a mentira, de querer sempre estar abaixo da verdade, não importa o quão difícil ela possa se apresentar no momento, permite que os problemas sejam identificados e tratados com mais rapidez.

Apenas em um ambiente de franqueza as dificuldades do negócio podem ser enfrentadas logo em seu começo, de modo mais rápido e fácil. Onde a mentira impera, os problemas só são atacados quando se tornaram gigantes demais para permanecerem escondidos. Nesses casos, a empresa sofrerá muito mais e terá de investir muito mais recursos (tempo, dinheiro, esforço, reputação) para chegar a uma solução. Em casos extremos, não haverá mais solução.

Por isso, insista sempre na sinceridade e na verdade. Uma cultura de franqueza só nasce e formata o seu negócio, se houver uma fidelidade à verdade. Ou seja, é necessário criar e manter o hábito de sempre ser sincero. Primeiramente os fundadores e, depois, todos os colaboradores. Sempre ver e falar as coisas como elas são.

Esse é o único caminho para o sucesso (honesto) duradouro e uma vida mais feliz.

Por fim, este e outros caminhos, sobre a jornada da lucratividade, você encontra no Livro do Lucro. Ele traz uma série de lógicas e estruturas simples que podem ser prontamente utilizadas para aumentar os seus lucros. Baixe aqui o primeiro capítulo gratuitamente.

livo-lucro-empreender-empreendedorismo

Recomendados para você

Puxe uma cadeira e comente,
a casa é sua.

Receba Nossos Conteúdos Exclusivos!

O melhor conteúdo sobre negócios, direto no seu e-mail.

Não se preocupe, não lhe enviaremos spam!